Óleos faciais para quem pele oleosa e uma sugestão de exercício: escute o que o seu rosto pede
Eleitos

Óleos faciais para quem pele oleosa e uma sugestão de exercício: escute o que o seu rosto pede

por Vânia Goy

A gente fala da nossa pele como se a sua condição fosse algo definitivo, já reparou? “tenho a pele seca” ou “tenho a pele oleosa”. Claro que essas características são fundamentais e determinantes na hora de escolher o que comprar e como usar, mas se auto-observar e conhecer faz uma diferença danada na vida e até na hora de cuidar da pele do rosto.

Gosto de pensar na minha pele do rosto como um organismo vivo, que reage imediatamente a todo tipo de mudança, condição emocional e tem humor próprio. Exemplos que também devem acontecer com você: alterações hormanais da TPM que acabam em espinhas ou ressecamento depois de vôos longos ou dias seguidos sob o ar-condicionado. As semanas de trabalho intenso e pouco sono também deixam a textura do meu rosto irregular, menos uniforme e sem viço.

Sou super a favor da gente ter um regime de cuidados — sabemos que não existe milagre para ter a pele bonita e saudável e isso tudo é resultado de consistência e repetição. Mas também proponho um exercício para que a gente escute as mensagens recebemos da nossa pele. Funciona da mesma forma como o nosso corpo, quando você sente sede ou vontade de comer algo fresco num dia quente.

Sinto quando preciso de uma máscara de argila, para me ajudar a limpar mais profundamente o rosto, ou de uma esfoliação caprichada, mesmo que essas vontades não estejam no meu “cronograma” de cuidados diários. E, na maioria das vezes, essas vontade têm razão de aparecer.

Depois dos 30 anos, por exemplo, percebo que a minha pele fica desidratada mais rapidamente. E, ao contrário da década anterior, prefiro produtos que entregam hidratação e deixam essa sensação de conforto. Deixei de usar quase tudo o que é matificante e tem o toque seco e passei a procurar por fórmulas que deslizem mais, que me deixem tocar o rosto por mais tempo.

A minha mais recente obsessão são óleos faciais. Gosto deles para massagear o rosto ou preparar a pele sob a base, quando quero um make com muito glow, mas entrei numa fase que SÓ QUERO USAR ÓLEOS por causa da sensação de bem-estar mesmo. Depois de muito teste, encontrei duas versões maravilhosas, adequadas para a minha pele oleosa e, embora não sejam usadas todos os dias, tem lugar cativo nas minhas rotinas noturnas, especialmente nos dias frios, de cansaço extremo e necessidade de cuidado, quando faço uma boa massagem (o que acontece entre 3 ou 4 vezes por semana).

Uso o óleo noturno detox (R$ 229), da Caudalie, desde o seu lançamento, pelo menos uma vez por semana, já estou até no segundo vidrinho. Ele foi criado para renovar peles estressadas e que estão em contato com poluição (oi, eu!). A fórmula 100% natural combina três óleos vegetais e cinco essenciais com toque mais seco. De absorção rápida, tem efeito bombástico. Acordo muito mais lisa e macia no dia seguinte.

Minha mais recente obsessão é o Fabulous Face Oil (R$ 261), da Aesop, também de forma 100% natural, sem corante, conservante ou fragrâncias. Usei duas amostras grátis e fiquei tão apaixonada pelo cheiro que comprei em seguida! À base de ylang ylang e jasmin, é indicado para a pele congestionda e sem vida. Várias seguidoras me falaram que também usam direto nas espinhas. Passo umas 5 gotas e fico cerca de 10 minutos fazendo uma bela massagem antes de dormir. Tenho até substituido algumas máscaras faciais por esse ritual, sabia? Às vezes, faço as duas coisas ao mesmo tempo, seguindo uma recomendação de duas amigas coreanas: aplico algumas gotas no rosto e, sem seguida, coloco uma sheet mask por cima. Na Aesop, também aprendi a pingar algumas gotas na máscara de camomila azul e dormir com a mistura. Garantia de pele de bebê, macia, e mais clara no dia seguinte.

Na última semana, durante uma oficina de cuidados naturais pro rosto comandada pela Fernanda Canna + Simple Organic, marca brasileira de cosméticos naturais e orgânicos, testei o Óleo Facial de Copaíba (R$ 70) e, em casa, já usei algumas vezes para fazer uma massagem facial. Ele também é indicado para acne e pode ser usado sobre espinhas eventuais. O cheiro é maravilhoso, de madeira, e ele ainda é indicado para dores musculares e enxaquecas.

 

Posts Relacionados