Protetor solar para quem odeia protetor solar
Eleitos

Protetor solar para quem odeia protetor solar

por Vânia Goy

Eu sei, você odeia passar filtro solar facial todos os dias. Eu também. A razão, em geral, é a mesma: a textura deles acaba com a maravilhosidade de qualquer creme facial, deixa a sensação pegajosa e meio oleosa no rosto.

Claro que já existem versões muito mais modernas no mercado, que deixam o acabamento mate, que são coloridas como base e tal, mas eu ainda prefiro fazer o tradicional: usar o FPS e depois partir para maquiagem. Mesmo que opte por um BB Cream com FPS na sequência.

Isso porque somos todas especialistas em usar uma quantidade menor de filtro solar do que é clinicamente recomendado. E, como gosto de pouca base e cobertura natural, não arrisco.

Abaixo, listei três lançamentos relativamente recentes que venho usando nos últimos meses. Até acho que demorei um pouco para escrever esse post, mas agora o faço com a tranqüilidade de quem passou o verão na companhia desses filtros, e usei todos até (quase) a última gota para escrever resenhas completas. Vamos lá:

All Day Brightener White Lucent FPS 50 (R$ 359), Shiseido
Esse aqui é um sonho. Primeiro porque ele já combina hidratante com filtro solar de alta proteção — o que significa que não preciso fazer duas camadas de produtos. Segundo porque ele faz parte da linha clareadora da Shiseido, a White Lucent, e a fórmula é rica em ativos potentes para combater manchas ao longo de todo o dia. Por último, tem a textura perfeita, quase líquido, hidratante, deixa a pele viçosa e aveludada na medida (sem a sensação pegajosa e brilhante nem o efeito mate exagerado).

Invisivible Shield FPS 35 (US$ 25), Glossier 
Gostoso, tem cheiro de laranja, e textura de sérum-gel. O mais transparente que já usei, acho especialmente recomendável para meninas negras por não deixar o rastro esbranquiçado. É absorvido rapidinho e não deixa resíduos. Mas, como tudo da Glossier, é mais para luminoso, então pode não ser a melhor escolha para quem curte produtos mate e com acabamento seco (não é o meu caso). Uso em dias sem muito sol e quando vou ficar em ambientes fechados, por causa do filtro de menor espectro. Acho especialmente bom quando estou com a pele mais ressecada e quero usar um hidratante rico por baixo porque ele interfere pouco na textura dos produtos. Infelizmente ele não está à venda aqui. Para saber mais sobre a Glossier é só clicar neste link!

Smooth & Protect Primer FPS 50 (R$ 199), Nars
É isso mesmo: esse é um primer com FPS 50. Muito consistente, nada oleoso, preenche linhas e deixa acabamento do rosto aveludado. Transparente, não deixa aquele rastro esbranquiçado comum em alguns filtros. E tem um cheirinho de protetor solar que eu acho até gostoso, deixa lembranças das minhas férias de infância. Minhas únicas considerações são, de novo, sobre a quantidade. Ele precisa ser aplicado em boa quantidade no rosto todo para fazer efeito, e não só na zona T. E a bisnaga contém 30 ml. Uso, em geral, em dias muito quentes, e que sei que não vou ficar exposta ao ar livre, sempre depois do hidratante e antes de uma base com filtro — só para garantir!

 

 

Posts Relacionados