News da semana: o crescimento da procura por serviços de bem-estar digital
Futuro

News da semana: o crescimento da procura por serviços de bem-estar digital

por Vânia Goy

Boom de bem-estar
Aplicativos que ensinam meditação, exercícios e culinária estão sendo acessados como nunca. O Zoom, plataforma digital para encontros ao vivo, onde várias dessas aulas acontecem, foi até chamado de “social wellness company” em reportagem da The Economist. “Confinados em casa, estão todos desesperados por companhia”. No gráfico de acessos mais populares da quarentena, o Google Trends aponta que as buscas por receitas de pão e exercícios em casa mais do que quintuplicaram em março. Ainda segundo a The Economist, kettlebells e tapetes de yoga “estão vendendo como papel higiênico” na Inglaterra. Na última semana de março, o Headspace, um dos apps de mindfulness mais populares do mundo, registrou um salto de 19 vezes na conclusão de um exercício de busca por calma e outro aumento de 14 vezes na sessão de controle de ansiedade. Aparentemente, a reclusão temporária vai dar um boost em setores que já estavam em alta: apps de saúde mental e mindfulness já tinham experimentado um crescimento de 85% em 2018. 

Cuidado em casa é tendência segundo o Euromonitor
Entre as 10 tendências de consumo para 2020 (editadas pré-coronavírus), a chamada “Cuidando de Mim Mesmo” aponta que o spa em casa e rituais de beleza serão a bola da vez. Isso quer dizer que haverá uma procura de produtos que, além de beleza, tragam bem-estar — um creme é só um creme se não te convida à uma experiência maior. Ótimo exemplo é o último lançamento da 3rd Ritual, plataforma americana que cria rituais presenciais e produtos para momentos de cuidado: o creminho Earth tem um blend inspirado nos benefícios da aromaterapia para ajudar a manter a mente centrada e aterrada. Por aqui, a Kur Cosméticos, linha do spa e clínica de bem-estar do Kurotel, que fica em Gramado, lançou, no fim do ano passado, o creme MindCosm Kur: por QR Code, ele dá acesso a um conteúdo de áudio de meditação para o momento da aplicação.

Givaudan e a criação do ativo para combater o tecnoestresse
Synchronight é o nome do ativo derivado de um extrato do fruto da gardênia, originário de Guangxi, na China, lançado pela Givaudan Active Beauty. A promessa é que ele ajude a combater o estresse tecnológico na pele, impedindo que a luz azul das telas (que não saem da nossa frente) interfira na produção de melatonina. Este hormônio antioxidante é produzido na glândula pineal quando o dia escurece, para ajudar o corpo a se preparar para dormir.

Beleza e higiene pessoal online
Um levantamento da Envison Horizons, agência de publicidade da Amazon, apontou que as vendas da empresa aumentaram 65% quando começaram os decretos de reclusão social nos EUA — mais precisamente na semana de 16 de março. As categorias de beleza e cuidados pessoais registraram aumento de 70% em comparação ao mês anterior. A crise pode firmar a Amazon como uma revendedora de produtos de beleza e competidora forte de sites especializados. Apesar das mudanças nas regras de envio causadas pelo coronavírus, essas duas categorias acabam entrando na lista dos itens de primeira necessidade. Vender online também é alternativa para lojas menores, com compras baseadas em experiências de bem-estar e conteúdo, e não só na praticidade do comércio virtual, tido como mais impessoal.

Foto: Reprodução 3rd Ritual

Posts Relacionados