“Skinimalism”: a maior tendência de beleza para 2021?
Futuro

“Skinimalism”: a maior tendência de beleza para 2021?

por Manuela Aquino

“Skinimalism”: a maior tendência de beleza para 2021?
Segundo o relatório 2021 Trend Predictions Report, relatório do Pinterest, sim. “Skinimalism” seria uma nova onda de looks de beleza naturais, mínimos ou sem maquiagem, onde sua pele real – textura, poros, manchas, descoloração e tudo mais – é a estrela. Bem menos produtos. Na plataforma, as procuras deste ano por “como obter uma pele brilhante naturalmente” aumentaram quatro vezes, assim como “ioga para o rosto”.  Já “cuidados com a pele feitos em casa” tiveram um aumento de 110% ano a ano, enquanto as pesquisas por” máscara facial de aloe vera “aumentaram 115%. Mas o “Skinimalism” seria uma super novidade? Nem tanto, pele glow com pouco produto e o skip care são ondas recentes que apontam para isso. Mas agora a ideia é mostrar um pouco mais, sem esconder, e sem usar filtros. Um passo a mais para afastar os padrões de beleza de metas inatingíveis. A gente espera!

Natura acerta parceria para compensar emissões de CO2
A ENGIE Energia Brasil e a empresa de cosméticos acertaram os ponteiros em ações conjuntas para compensar as emissões de gases de efeito estufa (GEE) com a compra  de créditos de carbono. O contrato prevê a aquisição de créditos em quantidade que possa compensar as emissões de 100 mil toneladas de CO2. E o que isso significa? Um crédito de carbono representa uma tonelada de carbono que deixou de ser emitida (e que ajuda na redução dos GEE). Esse crédito pode ser comercializado com condições estabelecidas pela modalidade do Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL), resultante do Protocolo de Kyoto. “Desde 2007, com a criação do Programa Natura Carbono Neutro, a empresa atua com o chamado offsetting — a compra de créditos de carbono para compensar as emissões que não puderam ser evitadas, por meio do apoio a projetos focados na área ambiental”, Denise Hills, diretora global de sustentabilidade da Natura. Com este programa, criado há mais de 13 anos, a empresa conseguiu a meta de ter todos seus produtos carbono neutro.

L’Oréal e mimos de beleza para profissionais de saúde
A empresa colocou em pé um projeto piloto para oferecer tratamentos de beleza para profissionais da área médica na França. Trabalhadores que estão no front do hospital universitário de Paris e seus arredores têm a oportunidade, há algumas semanas, de ter um tratamento de beleza de uma hora gratuito. A ação chamada tem como objetivo atender cerca de mil trabalhadores entre médicos, enfermeiros, estudantes e faxineiros. “Esta nova iniciativa é uma continuação do nosso plano de solidariedade iniciado em março para apoiar as pessoas envolvidas na luta contra a pandemia, em particular as mulheres que muitas vezes estão na linha de frente”, disse em comunicado Alexandra Palt, presidente executiva da L’Oréal Foundation, que coordena a operação. Segundo ela, a ideia é que durante este período de descanso, os trabalhadores, que sofrem com a rotina estressante, tenham um momento de autocuidado e bem-estar.

Beiersdorf desenvolve embalagens com plástico renovável 
“Estamos orgulhosos de sermos os primeiros em nosso segmento de mercado de massa a apoiar o uso de polipropileno feito de matérias-primas vegetais renováveis ​​como materiais de embalagem para nossos produtos cosméticos”, disse Michael Becker, chefe de desenvolvimento de embalagens globais da Beiersdorf, no comunicado da empresa sobre a novidade. A fabricante dos produtos Nivea, Eurecin e La Prairie se uniu à empresa química SABIC para trabalhar na criação de embalagens sustentáveis feitas de polipropileno (PP). Para isso, serão utilizadas matérias-primas renováveis ​​de base vegetal. Com esta ação, a Beiersdorf pretende reduzir ainda mais o uso de recursos fósseis para embalagens plásticas, pois o uso do PP substitui a mesma quantidade de petróleo bruto fóssil geralmente necessário para a fabricação de plástico. Assim, as embalagens passam a ser mais amigáveis ​​ao meio ambiente, pois causam menos emissões de dióxido de carbono. 

Cosmoprof Worldwide Bologna anuncia novas datas para 2021
A 53ª edição de um dos eventos mais importantes da indústria cosmética, será de 27 a 31 de maio de 2021. A previsão era de que o evento acontecesse em março deste ano, mas foi adiado por conta da pandemia. A feira de 2019 teve mais de três mil expositores de 70 países, que atraíram cerca de 260 mil visitantes. Agora, ficou confirmado que de 27 a 30 acontecerá o Cosmopack, com foco na cadeia de suprimentos, assim como a Cosmo|Perfumery & Cosmetics para os canais de varejo bem como marketing e branding. E de 28 a 32, a Cosmo|Hair, Nail & Beauty Salon para produtos de cabelos e unhas, bem como equipamentos, móveis e serviços para profissionais de salão. 

Posts Relacionados