DIY: como fazer incensos naturais para purificar a casa
Pessoas

DIY: como fazer incensos naturais para purificar a casa

por Vânia Goy

Disse na newsletter dessa semana que janeiro é época de limpar armários e acervo, de sair arrumando tudo quanto é gaveta e até pasta de fotos do celular. Organizar por fora ajuda a gente a se organizar por dentro e arejar as ideias pro ano que começa. E, em algum momento, essas minhas faxinas vão além da organização física para incluir um incenso ou defumador para purificar os ambientes. Acho que a fumaça tem esse poder de evocar algo sagrado e cerimonial que ajuda a gente a ser menos racional e ficar mais aberta para o sutil. Sempre me lembro do Dênis Pagani, expert em fragrâncias no comando do 1Nariz, contando que os perfumes nascem com essa primeira vocação de fazer a humanidade se conectar com os deuses por meio da fumaça. 

Tenho usado bastões de sálvia branca, considerada sagrada entre os povos nativos norte-americano, e muito perfumada. Confeccionar seus próprios incensos naturais é fácil, fácil. Aprendi com a Marcela Rodrigues, mais conhecida como A Naturalíssima, durante um dos workshops do “Respira, Belezinha!”: é só amarrar uma porção de alecrim (disponível com frequência no supermercado ou na feira) com um pouco de barbante e ter paciência para deixar a planta secar durante algumas semanas. É importante manter os bastões de ervas em um ambiente seco e fresco, para que elas não corram o risco de mofar nesse processo de secagem. O alecrim é uma das plantas associadas à limpeza e purificação, mas dá para reproduzir a técnica com outros ramos igualmente cheirosos. Na minha lista de favoritos estão lavanda, capim-limão e manjericão.

Acendo sobre um pratinho e já adianto que ele queima diferente do incenso tradicional, mais devagar, e dura muito porque apaga rápido. Vou acendendo aos poucos e aproveitando a fumaça que aparece quando a chama vira brasa. Experimenta caminhar pelos os cômodos da casa com intenção e cheiro gostoso!

Posts Relacionados