Lip Plumper: o gloss da Dior e da Too Faced realmente deixam a boca mais volumosa?
Produtos

Lip Plumper: o gloss da Dior e da Too Faced realmente deixam a boca mais volumosa?

por Vânia Goy

Tenho usado muito o Dior Addict Lip Maximizer, da Dior. Ele sempre aparece na foto de produto que eu publico depois do make, nos Stories, e sempre chegam duas perguntas: a primeira é se ele aumenta mesmo o volume dos lábios. E a segunda é se eu já testei ou comparei com o Lip Injection, da Too Faced. 

Bom, eu comecei a usar o Lip Maximizer (R$ 159) por causa do acabamento brilhante e rosado, mas sem partículas tipo glitter, porque curto a cobertura com cara de molhada, mas mais natural. Também gosto dele ser mentolado e deixar a sensação de geladinho na boca durante vários minutos. Zero grudento, mantém o brilho por bastante tempo sem desconforto. O meu favorito é o 001 Pink, sozinho ou por cima de um batom mais ameixa.

O lance de dar volume aos lábios acontece por causa das esferas de ácido hialurônico da fórmula e, claro, por causa do acabamento glossy. Ambos disfarçam os vincos e deixam a aparência mais uniforme. Segundo a Dior, a fórmula é mesmo um tratamento que ajuda a deixar a pele mais hidratada e lisa depois de quatro semanas. Eu não uso diariamente, reaplicando, como um tratamento, para opinar. Tudo o que posso dizer é que tenho os lábios muito, muito secos, que vivem descamando, e ele realmente deixa lindo assim que aplico. Aqui no Brasil há sete cores diferentes à venda.

Muita gente me escreveu falando que a sensação depois da aplicação do Lip Injection, da Too Faced, era meio dramática e eu confesso que não acreditei muito e só testei para entender se era real. Recebi o kit com duas versões (R$ 239), à venda na Sephora: o Extreme, transparente e, aparentemente, mais forte, e o Lip Injection rosado. A fórmula realmente causa uma irritação na boca durante uns cinco minutos. Quando usei o Extreme até assustei e achei a sensação de ardência e queimação exagerada. Apliquei um pouco fora do contorno e acabei com a pele de um dos cantos avermelhada. Essa sensação deixa a boca mais rosada e tudo mais inchado mesmo, dá pra perceber. A fórmula rosada gera a mesma sensação, mas sinto que o contorno da boca fica mais vermelho com o Extreme. Mesmo assim, recomendo segurar a emoção e expectativa porque ele não vai transformar a sua boca em algo muito diferente do que ela já é e o efeito não vai durar horas.

Tô numa fase de voltar aos batons mais cremosos e especialmente ao gloss. Fui, como toda adolescente que viveu nos 90’s, uma super consumidora deles. Eles meio que nasceram nessa época e a gente não usava batom. Depois mergulhei de cabeça nos mates super pigmentados e só tô saindo dessa fase quase dez anos depois, apaixonada pelas bocas manchadas e com brilho cristalino. O acabamento brilhante e molhado do gloss transparente, por si só, já causa essa sensação de volume sexy que todo mundo tá curtindo e procurando. Vale experimentar sobre o batom ou lábios nus pra variar, mesmo que não seja um desses luxuosos, com efeito plump.

Posts Relacionados