belezinha
da semana

toda sexta-feira, uma seleção de textos para te inspirar a cuidar não só da pele, do cabelo e do make: vamos cuidar de nós mesmas por dentro e por fora?

* obrigatório

Skincare contra a poluição: cremes podem realmente ajudar a proteger o seu rosto?
Produtos

Skincare contra a poluição: cremes podem realmente ajudar a proteger o seu rosto?

por Vânia Goy

Foi durante o relançamento da linha de skincare Timewise, da Mary Kay, que a americana Lucy Gildea, diretora científica internacional da marca, me disse uma coisa interessante. “Você já parou para pensar que, há anos, nos dedicamos a entender o impacto que os poluentes causam no nosso sistema respiratório, mas demoramos para investigar os seus reais efeitos sobre a pele, que está exposta e em contato direto com a poluição o tempo todo?”

Nos últimos anos, marcas como Clarins, Dior, Lancôme, Clinique e Chanel lançaram linhas específicas para proteger a pele dos efeitos dos poluentes. Mas essa necessidade é real ou puro marketing?

Tem um tanto que é real mesmo. Especialistas relacionam o envelhecimento precoce e a piora de quadros eczema também ao stress oxidativo da pele, que pode ser causado por vários fatores, dentre eles a poluição. O maior vilão tem nome: PM2.5, partículas poluentes tão finas e microscópicas que podem ser até menores do que os poros. Elas podem causar inflamações, o desenvolvimento de manchas e rugas.

Marcas como a japonesa Shiseido investem pesado em pesquisas para entender como os poluentes interferem no funcionamento da barreira de proteção da pele e também em tecnologia para que as partículas não acabem aderindo ao rosto.

Mas isso não significa que só um creme anti-poluição funciona. O que funciona são fórmulas ricas em ingredientes antioxidantes, que podem ser vendidas, por exemplo, como um sérum rico em vitamina C para trazer luminosidade ao rosto. Detalhei abaixo lançamentos com ingredientes potentes, nessa missão anti-radicais livres e hidratação potente:

RESVERATROL
Linha TimeWise® 3D, Mary Kay, entre R$ 60 e R$ 90 (sabonete, creme diurno FPS 30, noturno e olhos)
Depois de mais de 5 anos de pesquisa, 200 estudos clínicos e 150 fórmulas, de pesquisa, a Mary Kay relançou a linha Timewise incrementando a fórmula com resveratrol encapsulado triplo, ingrediente derivado das uvas e potente antioxidante, e niacinamida, mais conhecida como vitamina B3, que atenua manchas, ajuda a controlar a oleosidade e atenuar linhas de expressão. A promessa é de melhora visível dos sinais em apenas 4 semanas.

ALGAS VERMELHAS
Crème Fraîche de Beauté, Nuxe, a partir de R$ 110
Segundo a francesa Nuxe, hidratação é outra chave contra os efeitos da poluição. Sem uma barreira celular fortalecida, a nossa habilidade de reter água fica comprometida e a pele ganha os marcas e a sensação de desconforto. Por isso, os laboratórios da marca relançaram recentemente o Creme Fraîche, um de seus best-sellers, feito a base de extrato de algas vermelhas, que conseguem mimetizar o efeito do ácido hialurônico, ajudando a manter a pele mais hidratada por muitas horas e, segundo a marca, criando uma barreira 4x mais eficiente contra a poluição (em teste com 21 mulheres comparando regiões com e sem creme). Importante: a linha tem texturas diversas, para quem gosta de fórmulas mais emolientes e ricas e também matificantes ou sérum.

AMEIXA AUSTRALIANA
Jeunesse Spa Botanicals Sérum para o Dia, R$ 185
A nova linha de cuidados diários da Jeunesse tem o sérum diurno de textura levíssima e fórmula com ameixa de kakadu da Austrália, riquíssima em vitamina C. Segundo a marca, a fruta tem vezes mais vitamina C do que a laranja! A promessa é de pele luminosa e, de quebra, protegida contra radicais livres.

EXTRATO DE ALCACHOFRA
Creme Dance En Hance, Tambourins, US$ 65
Para ser usado de manhã e à noite, o creme regenerador da coreana Tamburins combina ingredientes clássicos para hidratar a pele como ácido hialurônico, glicerina e pantenol com betaína, potente antiinflamatório e extrato de alcachofra, antioxidante poderoso.





Posts Relacionados