Suco verde para viagem
Produtos

Suco verde para viagem

por Vânia Goy

Eu juro que eu sou dessas pessoas esforçadas, que faz aquela feira orgânica, higieniza tudo, acorda às 7h da manhã, faz o suco verde, toma em jejum e depois lava as oito mil peças da centrífuga com alegria. Só que tem dias que não dá. E, mesmo assim, não desisto de tomar. Por isso, listei as minhas três opções de suco verde favoritas para viagem:

No caminho
A PÃO (Padaria Artesanal Orgânica) tem quatro endereços em São Paulo e algum deles sempre faz parte do meu roteiro. Eles preparam um suco fresquinho, cremoso e doce com couve, limão, maçã e gengibre (R$ 12) que é uma delícia e, garanto, não leva açúcar.

No supermercado
A californiana Urban Remedy chegou por aqui no ano passado com mais de 15 opções de sucos orgânicos e prensados a frio, o que significa que eles são engarrafados sem conservantes e duram alguns dias na geladeira. Os meus favoritos: 1-Verdadeiro (com pepino, salsão, espinafre, limão siciliano e salsinha) e o 7-Guru (que inclui raiz de bardana, impossível de ter em casa e purificador do sangue). Todos custam, em média, R$ 18,80. Veja no site onde são vendidos.

Em casa
O time do Suco do Vivo entrega uma garrafinha até 6h30 da manhã para você não ter desculpa alguma. Ele é feito praticamente na hora com chuchu, maçã, couve-manteiga, cenoura, batata-doce, inhame, gengibre, semente de girassol germinada, salsa, hortelã e grama de trigo. Ou seja, não dá para reproduzir em casa. O melhor é que você pode fazer uma assinatura mensal do serviço (R$ 270). Trabalho zero.

 

 

Posts Relacionados