Afago em forma de banho, por Neli Pereira
Relax

Afago em forma de banho, por Neli Pereira

por Vânia Goy

Quando eu conheci a Neli Pereira ela era jornalista. Há alguns anos se tornou uma bartender-referência, expert em identidade cultural e coquetelaria brasileira. A partir de infusões e garrafadas que combinam ingredientes tradicionais, saberes indígenas e ancestrais ela cria drinks únicos e genuinamente nacionais. Um trabalho encantador, recheado, para além dos sabores, de histórias lindas que ela, comunicadora, sabe contar tão bem. 

Parte do trabalho da Neli é viver rodeada de ervas. E a relação dela com cada uma dessas plantinhas vai além das bebidas: ela é uma ótima fazedora de banhos herbais, daquelas que sai entregando garrafas perfumadas pela casa das amigas que precisam de proteção, foco, alegria, conforto. Pedi também que ela dividisse uma receita conosco, dá uma olhada:

“Alecrim, hortelã, poejo, guiné, manjerona, manjericão, rosas, calêndula, alfazema… Elas são todas parte essencial dos meus rituais do dia a dia. Mexer com ervas frescas faz parte do meu trabalho e tem sido crucial para eu manter algum tipo de sanidade durante esse período isolamento social. Me acostumei a receber ervas frescas e aromáticas no Zebra, meu bar, e só me dei conta da falta que elas me faziam depois de 20 dias de isolamento (e alguma irritação!), quando recei uma cesta generosa da chácara de uma amiga. 

Me reconectei, aterrei. Passei o dia todo lidando com elas. Preparei infusões, macerações, chás, banhos e tinturas — além dos drinks. Me fez tão bem que decidi fazer alguns banhos e enviar para amigas que estavam se sentindo ansiosas, sem foco, ou precisando de um afago. Virou uma espécie de rotina importante também para a minha saúde. No fundo, é uma forma de estar conectada à natureza e à natureza da minha vocação. É terapêutico e ancestral. Cuidar das amigas também nos mantém conectadas e me ajuda a trabalhar a intuição: do que ela anda precisando? Como eu posso ajudar? Que banho entregar? Gosto de pensar que é uma forma de amor, de carinho também – para mim e para os outros.”

Banho Coringa para Animar 
1 ramo de alecrim 
1 ramo de manjericão ou alfavaca
1 ramo de hortelã  
(se você for usar plantas secas, calcule cerca de 10 gramas de cada erva para 2 litros de água)

Pique as ervas com as mãos em uma bacia de água fria, coloque no fogo e, antes da fervura, desligue e deixe infusionando por 30 minutos. Se preferir você pode coar antes de jogar no corpo.

Posts Relacionados