Bebedores de chá vivem mais? Segundo pesquisadores é possível que sim!
Relax

Bebedores de chá vivem mais? Segundo pesquisadores é possível que sim!

por Vânia Goy

Segundo pesquisadores ouvidos pelo The New York Times, é possível que sim. Professores americanos combinaram dados de 39 estudos com mais de 1.8 milhões de homens e mulheres que bebem chá verde ou chá preto regularmente. E descobriram que cada xícara consumida diariamente poderia estar associada a uma redução média de 2% de eventos cardiovasculares e a uma redução de 4% de doença cardiovascular e ataque do coração — esses efeitos eram especialmente mais intensos em populações mais velhas.

Taylor C. Wallace, o autor da pesquisa e professor adjunto da Universidade George Mason, afirma que quem gosta de chá consome, em média, 20 vezes mais flavonóides do que quem não bebe chá. Flavonóides são pigmentos da planta camélia sinensis que conseguem reduzir o processo oxidativo e stress inflamatório, além de  melhorar a função dos vasos sanguíneos. Mei Chung, que faz parte do time de autores e é professor associado de saúde pública na Tufts University School of Medicine é cauteloso ao ressaltar que outros aspectos, como uma vida saudável, também podem contribuir com os resultados. Ou seja, chá não faz milagre, mas pode dar uma mãozinha na busca por uma vida mais saudável (além de tudo é uma delícia!).

Posts Relacionados