Nutrição ayurvédica: o curso para quem deseja se aventurar pelo assunto (e umas receitinhas pra começar!)
Relax

Nutrição ayurvédica: o curso para quem deseja se aventurar pelo assunto (e umas receitinhas pra começar!)

por Vânia Goy

Quem me ajudou a botar em prática toda a teoria sobre nutrição ayurvédica tem nome e sobrenome: Laura Pires. Sua história chamou minha atenção há alguns anos e assim fui atrás de seus livros: Laura foi diagnosticada com esclerose múltipla aos 25 anos e depois de tentar tratamentos convencionais encontrou alívio nas práticas ayurvédicas — sobretudo na alimentação equilibrada ao seu tipo de corpo, personalidade e metabolismo (como definem os chamados “doshas”).

Com ela aprendi que meu dosha predominante (vata!) precisa de comidas quentinhas pra despertar o fogo digestivo, de raízes tirar a mente das nuvens e botar os pés no chão, que além de água, meu intestino precisa de óleo para funcionar. Que ajustes seguindo as estações do ano trazem conforto imediato. Também devo minha paixão por todas as variações possíveis de mingau à ela. Consegui lidar melhor com a intolerância à lactose e até com a ansiedade. Sobretudo porque aprendi a me observar de uma forma diferente e também porque suas lições cabem na vida real.

Tô contando tudo isso porque o YAM, plataforma que é destino certo para quem gosta de bem-estar, deseja aprender sobre sustentabilidade e conexão ancestral, tem um cursão com a Laura (23 aulas!) perfeito para quem deseja aprender mais sobre toda a sabedoria e inteligência da medicina indiana. De quebra, variar o cardápio, aprender receitas novas, incrementar tudo com especiarias que deixam a gente mais disposto e equilibrado. Também gosto que Laura é uma nutricionista rigorosa, que não acredita em milagre, mas na adoção consistente de uma rotina saudável. Tava lendo uma matéria no YAM sobre imunidade pra separar as receitinhas da galeria e adoro um trecho que ela diz que “não há pílula, chazinhos, suquinhos e ervinhas mágicas para aumentar a imunidade do dia para a noite e continuar tendo péssimos hábitos. Algumas substâncias ajudam, mas apenas ajudam”, enfatiza Laura. 

Selecionei algumas das minhas receitas favoritas, mas nada chega perto da possibilidade de aprofundamento oferecida pelo curso. O YAM ainda deu um desconto de 10% pras belezinhas, só usar YAMCOMVANIA10 aqui!

Panacéia Digestiva
Prepare quando você se sentir sem apetite, com a digestão lenta ou aquele desconforto quando comeu demais. Também dá uma mãozinha nesta época do ano, quando você começa a ficar resfriada. Não deve ser consumido todos os dias, a ingestão deve ser pontual.

. 1 colher de sopa de gengibre fresco ralado
. ½ limão espremido
. 1 pitada de sal
. 1 colher de açúcar mascavo

Tônico para Vitalidade
Praqueles dias que você se sente cansada física e mentalmente. Leve o ghee à panela, adicione o açafrão e o leite de amêndoas batido no liquidificador com as tâmaras. Deixe levantar fervura e desligue.

. ½ xícara de leite de amêndoas
. 2 tâmaras sem caroço ou 1 colher de açúcar demerara/mascavo
. 1 pistilo de açafrão
. Gotas de ghee

Shot de Imunidade
. Suco de 2 limões batidos com 2 cenouras
. 1 pitada de pimenta-do-reino
. 1 fatia fina de cúrcuma fresca
. 1 fatia fina de gengibre fresco
. Mel 

Mingau de Aveia
Melhor opção para ativar o fogo digestivo pela manhã ou fazer um lanchinho a tarde. Leve tudo ao fogo até engrossar.

. 5 colheres de sopa de aveia
. 1 xícara de leite de coco fresco
. 1 pera picadinha sem casca
. 1 colher de sopa de uva-passa
. 1 cardamomo moído
. 1 colher de sopa de açúcar mascavo ou demerara

Saiba mais!