Por onde começar? Talchá indica 10 sabores para você navegar por chás e infusões
Relax

Por onde começar? Talchá indica 10 sabores para você navegar por chás e infusões

por Vânia Goy

Há dez anos, Mariana Schvartsman fundou, ao lado da mãe, a Talchá — loja de chás que mais frequento em São Paulo. Ela me contou que a sua família é cheia de rituais e tomar uma xícara de chá antes de dormir era um deles. Segundo ela, o hábito de tomar chá vem primeiro, depois a gente apura o paladar. “Na Talchá, desejamos desmistificar o universo dos chás, tirar o conceito que sempre é uma bebida funcional ou medicinal. Ressaltamos o prazer do ritual e dos sabores. Procure por uma versão que você goste e os benefícios o acompanharão.”

Navegar pelas paredes de latas na Talchá (ou pelas páginas do site) podem deixar iniciantes no assunto meio perdidos em meio à tantas opções. Por isso, pedi que a Mariana indicasse 10 sabores do seu portfólio, dos clássicos e raros às preferências nacionais. Acompanhe.

Chá Verde
“O Kin Sencha é um verde clássico, bem japonês, com o cheiro fresco de planta. Segue à risca a cartilha das versões com frescor adstringente e é perfeito para o dia a dia.”

Chá Preto
“Em quase qualquer lugar é possível tomar um Earl Grey clássico, que combina chá preto com óleo essencial de bergamota. Ele é um dos chás mais populares do mundo. Depois de colhidas, as folhas ficam em um ambiente com umidade controlada para atingir 100% de oxidação, depois são aromatizadas com o cheiro cítrico e adocicado inconfundível.”

Chá Branco
“O Silver Needles é maravilhoso! Na primavera, são colhidas apenas as primeiras e mais tenras folhas da camellia sinensis. Suas folhas passam dois ou três dias secando à sombra e depois são levadas ao forno á temperatura de 100/130 ºC por apenas 10 minutos.  A aparência delas é mesmo de agulhas prateadas, finas e aveludadas. Seu sabor é muito delicado, sutil e levemente adocicado.”

Oolong
O meu favorito. Amo esse chá! O Dung Ti, que vendemos na Talchá, tem esse nome em homenagem à montanha Dung Ding, em Taiwan, onde estão as melhores plantações de oolong. Suas folhas são enroladinhas e acho mágico vê-las se abrindo em contato com a água. Dá pra imaginar quanto cuidado é necessário ter durante o processamento para mantê-las daquele jeito? Ele tem características do chá verde e preto, dependendo do processamento e oxidação. 

Matchá
Nosso Matchá Premium é tradição pura. Cada latinha de 30gr leva uma hora para ser moída. Ele vem do Japão, é colhido apenas uma vez por ano, na primavera. Os arbustos de camellia sinensis passam 30 dias antes da colheita cobertos e tem entre 10 e 30 anos de idade. As folhas são moídas à mão, em recipientes de granito. O pó verde intenso ainda tem o preparo único, um verdadeiro ritual. 

Masala Chai
Uma das bebidas mais populares da Índia, combina chá preto da região do Sri Lanla com especiarias perfumadas como canela, cardamomo e gengibre. Inconfundível, quente e marcante.

Infusão Doce Amêndoa
Um dos best-sellers da Talchá! É doce e elegante. Combina amêndoas, maçã, beterraba e um toque de canela. A tonalidade rosada e o aroma de amêndoas caramelizadas são inconfundíveis.

Infusão Vermelho Intenso
Um blend perfumado, adocicado e nada ácido de frutas vermelhas e hibisco que pode se tomado quente ou gelado — eu amo frio! 

Rooibos Estrela Guia
Rooibos é um arbusto da África do Sul também conhecido como chá vermelho. Nessa combinação, ele ganhou a companhia da laranja, cardamomo e anis. O resultado é solar e perfumado.

Rooibos Baunilha
Outro best-seller da loja! A combinação adocicada deixa um rastro macio e aveludado na boca. O aroma de baunilha é delicioso.

Mate Gengibre Citrus
A nossa receita brasileira combina erva-mate com  gengibre, capim-limão e um toque da lima ácida. Estimulante, vigoroso e refrescante!

Posts Relacionados