Usando a tecnologia a meu favor: como posso ser mais organizada?
Relax

Usando a tecnologia a meu favor: como posso ser mais organizada?

por Meninas do Ada

[Passamos boas horas dos nossos dias olhando para uma tela de celular. Você chutaria algum número? A média dos brasileiros é a mais alta do mundo: quatro horas e 48 minutos por dia, segundo pesquisas.

Você já ouviu falar de FOMO, certo? A chamada “ausência inquietante” que a internet e as redes sociais nos causam. Essa sensação nos transforma em zumbis digitais pairando internet afora numa eterna procrastinação. Mas já que estamos conectadas mesmo – e isso não parece mudar tão cedo – por que não colocamos a tecnologia para trabalhar a nosso favor?

Existe esse clichê de que mulheres não dominam, não manjam ou não tem interesse por tecnologia. No Ada, a gente acredita que é por falta de autonomia e familiaridade com o assunto. Mas se tem uma coisa na qual os nossos smartphones estão se tornando cada vez melhores é em aprender coisas sobre a gente.

Por um lado isso pode ser estranho, pois significa que estamos compartilhando cada vez mais dados com o mundo. A parte boa é que nossos celulares estão cada vez mais prontos para aprender as nossas necessidades e fazer coisas chatas pela gente. Para isso você só precisa dedicar um pouquinho de tempo no começo, pois a curva de aprendizado é super rápida.

Seja para programar a agenda do dia, para gerenciar as várias tarefas da vida ou para dar aquela força na economia de dinheiro: existem aplicativos e ferramentas para tudo. Vem com a gente.

. começando do básico: como manter a minha agenda organizada .

Se a agenda e o planner de papel não funcionam mais para você, talvez esteja na hora de aprender a lidar com uma ferramenta mais digital. A primeira dica é testar a própria agenda nativa do seu smartphone (que também pode se chamar calendário, dependendo da fabricante do celular).

Em geral, essas agendas permitem que você adicione compromissos em suas respectivas datas e crie alarmes para se lembrar deles. É uma opção simples, mas bastante útil e prática.

Se você quiser ter um aplicativo que organize ainda mais a sua rotina, a Google Agenda (Android e iOS) é uma ótima opção, principalmente se você usar muito sua conta Google (Gmail etc). Com ela, dá para aceitar e criar convites que envolvam outras pessoas, permitindo que todos se lembrem de um compromisso.

Além disso, dá para compartilhar sua agenda com alguém próximo, para tentar encaixar os horários. Outra função interessante é a de criar metas. Se você resolve correr três vezes por semana, por exemplo, o aplicativo encaixa as corridas nos seus tempos livres, de acordo com sua preferência.

Para quem usa Android, outra opção interessante é o aplicativo TimeTune. Com ele, é possível criar rotinas para vários dias e acrescentar eventos específicos. Além disso, os marcadores coloridos (referentes a atividades como internet, lendo, pausa, relacionamento, entre outros) ajudam na visualização da agenda como um todo.

. planejando as tarefas com organização .

Além de organizar a rotina, outra questão que dá dor de cabeça para muita gente é planejar tarefas. Para isso, uma das melhores dicas é o Trello (Android e iOS). Com ela, as tarefas ficam organizada em cartões, que podem ser movimentados em colunas que representam a etapa de evolução da tarefa – como por exemplo “pendente”, “em execução” e “concluído”.

Uma característica bem legal do Trello é que dá para compartilhar tarefas com outras pessoas. Se um projeto envolve vários amigos, por exemplo, é possível para atribuir funções a cada um deles, e todos podem movimentar os cartões pelas colunas. Tem uma fofura envolvida: se você abandona um cartão lá por muito tempo, ele começa a “mofar” <3

Com um design bem intuitivo, outra opção para organizar as tarefas é o Todoist (Android e iOS). O interessante é que esse aplicativo é um híbrido entre um bloco de notas e um calendário. Nele, dá para ir acrescentando tarefas no estilo bloco de notas, mas também é possível colocar uma data para cada um dos afazeres. Assim, tudo fica concentrado em uma tela só, mas de uma forma mais organizada.

Como meu celular pode me ajudar a organizar as finanças?
Com a agenda e as tarefas organizadas, já dá para pensar em organizar também a grana. E saber para onde ele está indo é um ótimo começo para planejar gastos futuros. Nesse sentido, alguns aplicativos podem ser bastante úteis.

Uma das opções é o Organizze (Android e iOS), que ajuda a entender onde estão os maiores gastos. Nesse aplicativo, você pode acrescentar todas as despesas e receitas que tiver. Sempre que uma despesa é acrescentada, é possível classificá-la em uma das categorias – como saúde, lazer ou alimentação.

Depois disso, o sistema faz todos os cálculos e apresenta gráficos completos a respeito dos gastos. De uma maneira bem simples e didática, dá para visualizar as categorias que estão dando mais prejuízo e, assim, saber onde economizar mais. Na versão premium do app, também dá para adicionar contas bancárias, para que os gastos sejam importados automaticamente. Também é possível acrescentar alertas para o pagamento de contas.

Outra característica bem interessante do Organizze é que ele traz muitos ebooks e artigos sobre educação financeira. Assim, além de deixar o aplicativo te ajudar, também dá para aprender mais sobre o assunto.

Mas se você é do tipo de pessoa que só consegue economizar quando mira em um propósito, o aplicativo para você é o Minhas Economias (Android e iOS). Nele, você pode adicionar metas, como guardar determinado valor mensalmente, e o aplicativo te ajuda a atingi-las.
E uma outra possibilidade bem legal dentro desta ferramenta é a de planejar sonhos. Nessa categoria, o usuário pode acrescentar o que deseja fazer e quando – por exemplo, visitar um amigo na China daqui a 3 anos. A partir do valor total, o sistema calcula quanto você precisa economizar por mês, e te lembra disso com frequência.



O Ada é um site comandado por três mulheres experts em tecnologia e em falar de tecnologia para mulheres: Diana Assenato, Emily Canto Nunes e Natasha Madov. Gosto quando elas dizem que, embora sejamos intensamente digitais, não vemos o tema tecnologia como nosso. “Nós mesmas escolhemos qual celular ou computador comprar, adoramos baixar aplicativos, dividimos nossa vida com amigos e família via Facebook, tentamos navegar pelos novos modos de se relacionar no mundo conectado, mas quando alguém menciona a palavra tecnologia perto da gente a reação é não se sentir parte deste mundo”. Elas estarão aqui no Belezinha mensalmente ajudando a gente a melhorar hábitos e refletir sobre o lugar da beleza e bem-estar nesse mundão dos algoritmos.

Posts Relacionados