Base e a pergunta de um milhão de dólares: como não derreter no verão?
Produtos

Base e a pergunta de um milhão de dólares: como não derreter no verão?

por Vânia Goy

No último domingo, dia 20 de janeiro, fiz um live beeem longo no Instagram para falar de bases — quais ando usando, como escolher a ideal pro seu tipo de pele, como combinar a ação dos cremes de tratamento ou primers com ela… e por aí vai. E, no top 5 das quase 100 perguntas que respondi morava: COMO FAZER PARA A BASE NÃO DERRETER NESTE VERÃO?

Essa é a pergunta de um milhão de dólares e, infelizmente, ainda não tem milagre — só saindo sem base mesmo! O que a gente pode fazer é pensar na preparação da pele e organizar um pequeno grupo de retoque para minimizar o processo, especialmente se você gosta de um acabamento natural e luminoso como eu. Listei algumas lições que aprendi ao longo desses dez anos com os melhores maquiadores do país, outras enviadas por leitoras, muitas que são parte das minhas práticas diárias. Vamos lá:

Comece pela base
Raramente uso bases de longa duração ou acabamento mate, mas se você deseja algo que realmente fique paradinho no seu rosto o dia todo, acho uma boa procurar por produtos deste tipo. Dos meus testes recentes destaco a base cushion de Quem Disse Berenice?, que ficou muitas horas no meu rosto, sem sair muito do lugar nem marcar minhas rugas (lembra que tenho a pele oleosa!).

Preste atenção no primer
Primer serve para preparar a pele para a maquiagem, mas não é tudo a mesma coisa: alguns foram criados para uniformizar poros, outros para trazer radiância, deixar a pele mate e também existe a leva focada na durabilidade. A versão da Hourglass, que não vende aqui, é campeã de boas críticas e vale o investimento. Os da Urban Decay, à venda na Sephora brasileira, também são potentes. Nunca uso no dia a dia. Só em casos extremos — ser madrinha num casamento ao ar livre, por exemplo. E testo muito antes. Às vezes, primers sequinhos demais podem esfarelar a base mate que você passou por cima. Entender se essas texturas são amigas na prática é fundamental.

Finalize com um fixador
Os sprays fixadores de maquiagem de fato criam uma película protetora. Também nunca uso, mas recomendo experimentar o da Cless e Urban Decay. A nova leva do Fix+, da M.A.C, com cheirinhos de lavanda e coco também valem o investimento. E a marca também lançou uma versão matificante que ajuda a incrementar o opaco.

Pouco pó
Não sou adepta de selar nada com pó, mas às vezes não tem jeito. Nos últimos dias muito quentes, e quando tenho uma programação de três reuniões diferentes em vários cantos da cidade, passo um pouquinho, com pincel pequeno (tenho usado o MS3, da Mari Saad para Océane), no centro da testa e laterais do nariz, onde sei que a minha base derrete. Para mim, o segredo é ser minuciosa na aplicação (detesto pincel grande, pó no rosto todo ou aquelas técnicas de encher o corretivo de pó solto). Uso versões compactas e translúcidas, que não adicionam mais uma camada de cor no rosto. O meu favorito é da linha Prep and Prime, da M.A.C.

Retocar é preciso
Gosto de pele luminosa, quase com cara de molhada, e chego nesse resultado com muitos produtos cremosos. O que significa também que acabo derretendo mais rapidamente. Carrego quatro ou cinco itens compactos comigo se sei que vou ter que retocar a pele:

1. lenço de papel: para tirar o suor do rosto

2.  folhas absorventes de oleosidade: para tirar a sensação de meleca (tô usando as da coreana CNP, mas procure pelas versões da Clean and Clear na farmácia, Shiseido ou Sephora Collection)

3. água termal ou facial: para refrescar a pele e ajudar a colocar a base no lugar (uso muito as miniaturas da água termal da Avène e da Eau de Beauté, da Caudalie. A Sublimage La Brume, da Chanel, também tem um tamanho ótimo para deixar na bolsa.

4. retoco pontos sem base: com um corretivo (amo a miniatura da Nars) ou cushion, fácil de aplicar e sem meleca.

5. retoco o blush com uma versão compacta e cremosa (tenho falado aqui do meu amor pelas versões de lábios/blush da Chanel e Clinique)

Se você é do time do pó, ele também pode entrar aqui para ajudar a deixar a textura fosca. Tô achando a versão criada pela Clinique para quem malha (ele é calmante e mais amarelado, para tirar a vermelhidão do rosto de quem é mais branquinha) bom de levar na bolsa. Daí é correr pro ar-condicionado mais próximo 😉

Posts Relacionados